quarta-feira, 25 de setembro de 2013

Pe. Faure, nosso coordenador.

      
Com grande alegria anunciamos que Mons. Williamson nomeou ao Pe. Jean Michel Faurecomo coordenador da Resistência.
Pe. Faure e famílias da resistência em México
  
       O Pe. Faure é bastante adequado para esta função por várias razões:
      1- É um dos primeiros padres ordenados por Mons. Lefebvre, e portanto, um dos membros mais antigos da FSSPX. Participou de todos os Capítulos da Fraternidade;
      2- Braço direito de Mons. Lefebvre na América do Sul durante décadas, o Padre gozava de uma confiança ilimitada por parte do Arcebispo (era o único que tinha acesso à sua correspondência privada) e ainda, diz-se que Mons. Lefebvre queria sagra-lo Bispo, mas o Padre recusou por humildade. Graças à esta grande amizade e confiança, o Pe. Faure teve a graça de conhecer e compreender como poucos a nosso Fundador;
      3- Tem uma grande experiência, pois foi fundador da FSSPX nas terras Sul-Americanas: o Distrito da América do Sul, do qual foi superior; e fundador e Superior do Seminário de La Reja, e fundador e Superior do Distrito de México;
      4- Compreendeu como poucos o Combate pela Tradição e o Reinado Social de Nosso Senhor Jesus Cristo, contra o liberalismo e o modernismo;
      5- Seu zelo sacerdotal é infatigável. Tem sede de almas e é um grande contra-revolucionário desde sua juventude, quando combateu no conflito em Argélia.

 
      Por tudo dito, agradecemos profundamente a Mons. Williamson por nomear a este extraordinário e santo sacerdote, filho autêntico de Mons. Lefebvre, para esta grande tarefa que é a Coordenação da Resistência.

Obrigado Mons. Williamson!
Obrigado Pe. Faure!
Viva Cristo Rei!

segunda-feira, 23 de setembro de 2013

Rock in Rio.



Depois das cenas de culto ao demônio no Rock In Rio de ontem [19 de setembro], ficamos a imaginar até que ponto chega a criatura humana na sua degradação espiritual e renúncia à imagem de Deus que ostentamos em nós. Fomos criados por Deus para “sermos elevados à sua glória”, como nos ensinou Santo Irineu no início do Cristianismo. É assustador o crescimento do culto satânico em nossos tempos que produz o caminho inverso no coração da pessoa humana.Há muito tenho alertado nossos jovens do perigo de se contaminarem espiritualmente com este mundo tenebroso de certas bandas de rock que fazem apologia ao satanismo e o praticam de forma ostensiva como vimos na festa do rock no Rio de Janeiro.
Satanás odeia a Cristo e sua Igreja. Desta feita não é de se espantar que seus agentes humanos, nesta terra, usem nossos símbolos católicos às avessas para veicular o “die irae” que é da essência do demônio, o ódio a Deus e ao seu Cristo e, consequentemente à sua Igreja.

 

quinta-feira, 19 de setembro de 2013

quinta-feira, 12 de setembro de 2013

Padrões duplos de bons católicos usando métodos naturais de planejamento familiar (MNPF)

Traduzido por Andrea Patrícia

Famílias numerosas inspiram abnegação e generosidade

       Há muito tempo atrás, eu comecei a ter minhas primeiras dúvidas sobre a maneira pela qual os MNPF eram frequentemente apresentados. Lembro-me de ouvir algo assim: “Com os MNPF, os casais podem ter 99% de certeza de não ter outra criança” ou “Tão bom como a contracepção, mas sem os riscos para a saúde (dos contraceptivos)”. E isso foi dito aos jovens casais sem nenhum problema grave de saúde.
      Depreende-se que os MNPF eram promovidos de forma anti-vida. Parecia que uma mentalidade contraceptiva permeava a maioria destas apresentações supostamente pró-vida, pró-família.
      Eu vim a acreditar que essas atitudes em relação à vida conjugal e maternidade são realmente prejudiciais a causa pró-vida.
      Neste artigo, eu gostaria de examinar algumas das maneiras mais sutis da mentalidade contraceptiva que tem permeado a sociedade, e até mesmo o pensamento de alguns católicos mais sérios.

sexta-feira, 6 de setembro de 2013

Viva Cristo Rei - Belíssimas Imagens e Citações

"Eu sou Rei. Eu para isso nasci, e para isso vim ao mundo, a fim de dar testemunho da Verdade. Todo o que é da Verdade ouve a minha voz" -São João 18, 37




“Para os povos como para os indivíduos, para as sociedades modernas como para as sociedades antigas, para as repúblicas como para as monarquias, não há sob o céu outro nome dado aos homens em que eles possam ser salvos além do nome de Jesus Cristo.” -Cardeal Pie de Poitier



"Se fôsseis do mundo, o mundo vos amaria como sendo seus. Como, porém, não sois do mundo, mas do mundo vos escolhi, por isso o mundo vos odeia." (São João 15, 19)




“Dizei às nações: O Senhor é rei. [...] / Jubilem todas as árvores das florestas / com a presença do Senhor, que vem, pois Ele vem para governar a terra: julgará o mundo com justiça, e os povos segundo a sua verdade.” -Salmo 95




“Foi-me dado todo o poder no céu e na terra: ide, pois, e instruí todas as nações.” -Nosso Senhor Jesus Cristo, Evangelho de São Mateus



“No juízo final, Jesus Cristo acusará os que o expulsaram da vida pública e, em razão de tal ultraje, aplicará a mais terrível vingança.”
Pio XI, Quas Primas 



“Desta primeira verdade de fé, a divindade de Nosso Senhor Jesus Cristo, segue-se uma segunda: sua Realeza, e especialmente sua Realeza sobre as sociedades, a obediência que devem ter as sociedades à vontade de Jesus Cristo, a submissão que devem ter as leis civis com respeito à lei de Nosso Senhor Jesus Cristo. Mais ainda, Nosso Senhor Jesus Cristo quer que as almas se salvem [...] por uma sociedade civil cristã, plenamente submetida ao Evangelho, que se preste a seu desígnio redentor e que seja seu instrumento temporal.” -Dom Marcel Lefebvre



“Não, a civilização não está por inventar [...]. Ela já existiu, ela existe: é a civilização cristã, a cidade católica. O que falta é instaurá-la e restaurá-la sem cessar sobre seus fundamentos naturais e divinos contra os ataques sempre renascentes da utopia malsã, da revolta e da impiedade: Omnia instaurare in Christo.” -São Pio X, Carta sobre Le Sillon.



"Oh! Se soubesses as ternuras que encerra seu adorável Coração! Como não amá-lo até o delírio, como não desprezar tudo perante o espetáculo de seus encantos e belezas infinitas?" (Santa Teresa dos Andes)



"Buscar-Me-eis, e haveis de achar-Me, se Me procurardes de todo o vosso coração. Então, deixar-Me-ei encontrar por vós, diz o Senhor" -Jeremias 29 13-14



"Foi pela Santíssima Virgem Maria que Jesus Cristo veio ao mundo, e é também por ela que deve reinar no mundo." -São Luiz Maria


quinta-feira, 5 de setembro de 2013

Carta aberta ao Papa Francisco sobre sua Mensagem aos muçulmanos por ocasião do encerramento do Ramadã.


Por Padre Guy Pagès
Santíssimo Padre,
Louvado seja Nosso Senhor Jesus Cristo que Vos confiou a missão de conduzir a Igreja!
Permiti-me, em nome de numerosas pessoas chocadas pela vossa carta aos muçulmanos por ocasião do Id al-Fitr [1] e em virtude do cânon 212 § 3 [2], comunicar-vos as reflexões desta Carta aberta.
Saudando com “um grande prazer” os muçulmanos por ocasião do ramadã, o qual é considerado um tempo consagrado “ao jejum, à oração e à esmola”, Vós pareceis ignorar que o jejum do ramadã é tal, que “a cesta [de compras no supermercado] média de uma família que faz o ramadã aumenta 30%” [3], que a esmola muçulmana se destina somente aos muçulmanos necessitados, e que a prece muçulmana consiste principalmente em rejeitar cinco vezes por dia a Fé na Trindade e em Jesus Cristo, a pedir o favor de não seguir o caminho dos transviados que são os cristãos… Ademais, durante o ramadã, a delinquência aumenta de modo vertiginoso [4]. Há realmente nessas práticas algum motivo de elogio possível?

terça-feira, 3 de setembro de 2013

Hoje é a festa de São Pio X e Chesterton fala sobre o grande Papa.


São Pio X morreu no dia 20 de agosto de 1914. No dia 29 de agosto do mesmo ano, Chesterton escreve um artigo noIllustrated London News intitulado “O Camponês que se Tornou Papa”. Abaixo os trechos mais significativos dessa homenagem que o futuro católico (sua conversão foi em 1922), então anglicano, presta ao grande Papa do Catecismo, ao Papa que identificou, analisou, desmascarou e anatematizou a monstruosa heresia do modernismo. Sabe-se que São Pio X morreu profundamente desgostoso pela guerra que apenas começava. No fundo, ele sabia o banho de sangue que se seguiria, ao qual Chesterton alude no final do artigo.

_____________
Dentre as muitas expressões verdadeiras e tocantes de respeito pela tragédia do Vaticano [a morte de São Pio X], muitos comentaram sobre o fato de que o falecido Papa era por nascimento um camponês. Contudo, poucos ou ninguém, penso eu, tiraram desse fato sua mais interessante ou mesmo tremenda conclusão. Pois a verdade é que o velho papado é praticamente e única autoridade na Europa em que isto poderia ter acontecido. É o mais antigo, imensuravelmente o mais antigo, trono na Europa; e o único a que um camponês poderia ascender. Esta é a única monarquia eletiva no mundo; e aquela a qual qualquer camponês pode ainda ser eleito.

Aqueles que mais o admiravam, admiravam sua simplicidade e sanidade de um camponês. Aqueles que mais murmuravam contra ele, reclamavam da obstinação e relutância de um camponês. Mas por esta razão exatamente, está claro que a instituição representativa mais antiga da Europa está funcionando: quando todas as outras já sucumbiram.

O Papa nunca pretendeu ter um intelecto extraordinário; mas ele professava estar certo: e ele estava. Todos os ateus honestos, todos os calvinistas honestos, todos os homens honestos que dizem algo, ou acreditam ou negam algo, terá razão em agradecer suas estrelas (um hábito pagão) pelo camponês naquele elevado lugar. Ele matou a heresia que afirma que ter duas cabeças é melhor que ter uma; quando elas crescem no mesmo pescoço. Ele matou a ideia pragmática de comer o bolo e o ter ao mesmo tempo. Ele permitiu que se concordasse ou discordasse de seu credo; mas não que o adulterasse. É exatamente o que qualquer camponês de qualquer colina ou planície da face da terra faria. Mas há algo mais nele que não existe num camponês ordinário. Por todo este tempo ele chorou por nossas lágrimas; e partiu seu coração por nosso banho de sangue.
_____________

São Pio X, rogai por nós!

OTRO CONVENTO SE SUMA A LA RESISTENCIA.-

OTRO CONVENTO SE SUMA A LA RESISTENCIA.-
Monasterio Marienberg in Häusern (Alemania)


Este es un convento en Schwarzwald, (Selva Negra) en el sur-oeste de Alemania, con su capellán, Padre Riedl, quien tiene una estrecha amistad con los otros sacerdotes alemanes resistentes. La Capilla del Monasterio Marienberg (que significa “Montaña de Nuestra Señora) fue consagrada por Monseñor Lefebvre, y este Convento siempre había figurado en la lista de las publicaciones oficiales de la FSSPX en Alemania en el apartado “Conventos aliados”. Ahora el Convento tiene una nueva y más grande Capilla, y cuando se anunció que Monseñor Williamson la consagraría, el Distrito de Alemania amenazó diciendo que ya no estarían en el listado que acabamos de mencionar. Pero la Madre Superiora contestó al Superior de Distrito: “Muy bien, y por favor, retire nuestro nombre de todas sus publicaciones AHORA.

El Convento cuenta con media docena de monjitas.