sábado, 3 de novembro de 2012

O cristianismo de anúncios luminosos está na moda, vem aí Rosa de Saron.


"Se alguém, em qualquer época, fizer do cristianismo. um caminho fácil e cômodo, não lhe dê ouvidos" -São João da Cruz

Uma multidão de católicos reunidos em um espaço público nos faz pensar nos eloquentes sermões de São Domingos de Gusmão e Santo Antônio de Pádua na Idade Média, ou nos arrebatadores discursos do ilustre Padre Antônio Vieira. Como não se lembrar das grandes marchas contra o comunismo e contra todos os regimes revolucionários que queriam abolir a Verdadeira religião. Bons tempos! O catolicismo vivia plenamente! As almas aspiravam e lutavam pela salvação de suas almas e não deixava de colocar suas vidas em risco pelo Reinado Social de Nosso Senhor Jesus Cristo.

Infelizmente os tempos mudaram! Hoje em Ipatinga uma multidão de católicos vão se reunir no Haal do Estádio Ipatingão. Não para escutar um eloquente sermão ou protestarem contra os males deste mundo. Os católicos irão para um SHOW, vão pagar para escutar uma banda de Rock chamada Rosa de Saron cantarem músicas ambíguas, sentimentalistas e longe de serem católicas.


Será que depois deste show de rock os jovens estarão dispostos ao martírio, a pureza e a vigilância? Evidente que não! Esta na natureza do ROCK desordenar os sentidos, os fazendo servir a Carne e não a Deus.

Eventos como estes são absolutamente normais, levando em consideração a NOVA IGREJA que foi criada após o Concílio Vaticano II. Quando vejo eventos como este me lembro da diabólica “Gaudiun et Spes” (Doc. do Concílio Vaticano II sobre a relação da Igreja com o mundo moderno).

Para uma Igreja que já não condena as obras infrutíferas das trevas, que anda de mãos dadas com o mundo moderno este SHOW é o ideal. Se o objetivo da "Comunidade Deus Existe" (Organizadora do Show) é corresponder com os princípios pós – conciliares ela está no caminho “correto”.

Não queremos aqui desrespeitar ninguém, o que queremos é só alertar os jovens para uma coisa: Atrás da pirotecnia, do sentimentalismo e do marketing deste show não está a Igreja de Pedro e Paulo, de Domingos de Gusmão e Antônio de Pádua ou Teresinha do Menino Jesus e Pio de Pieltrecina. Este show é da Igreja dos homens e do mundo que é dada como Católica desde 1962.

Em plena a Oitava de Finados ( Oito dias que segue o dia de finados ) os católicos de Ipatinga e região se rebaixarão a tanto. Data sugestiva, junto com nossas orações aos fiéis defuntos, rezemos pelos católicos que vivem como se estivessem mortos.

Se nos é concedido o direito de uma direção espiritual, orientamos os leitores a passarem bem longe deste evento.

Salve Maria!
Viva Cristo Rei!

15 comentários:

Postar um comentário